Alegrete - sindicato cobra aplicação da lei para os bancos

Escrito por Administrador. Publicado em Mais Notícias

10-03-2017

Sindicato da categoria cobra aplicação da lei para os bancos de Alegrete contratarem vigilantes 24h

O Sindicato dos Vigilantes de Alegrete – SINDIVIGESA cobra que a lei municipal aprovada, em setembro de 2016, de que os bancos devem ter vigilante 24h, aqui na cidade, seja colocada em prática o mais rápido possível.

O projeto do vereador Rudi Pinto, em parceria com o Sindicato dos Vigilantes e dos Bancários, pela vigilância bancária 24h foi aprovado na Câmara por unanimidade e tinha 90 dias para ser colocado em prática.

Passados mais de 100 dias e, diante da manifestação do secretário de Segurança do Estado, César Schirmer de que “ou os bancos colocam segurança 24h ou vamos ter que proibir os caixas eletrônicos mobilizou a categoria de vigilantes no RS.  “A responsabilidade do Estado com a segurança é da porta da agência para fora. Da porta do banco para dentro, a segurança deve ser do próprio banco”, enfatiza.

Conforme o presidente do Sindicato, Claudio Froz, a aprovação foi uma grande conquista e agora com tantos colegas desempregados e o aumento da violência viemos cobrar para que a lei seja cumprida e, dar assim, segurança tanto ao patrimônio das agências, funcionários, bem   como dos clientes.

Se a lei for cumprida acreditam que vai diminuir o índice de desempregados da categoria, todos qualificados e aptos a trabalhar, salienta Jairo, Paz vice-presidente do do SINDIVIGESA.

Fonte: Sindicato dos Vigilantes de Alegrete